IGREJA VIVA

Jesus o sacrifício perfeito





MATERIAL DO FACILITADOR 


Sugestão De Hino – 39 H.C – Alvo Mais Que A Neve

OBJETIVO
Compreender que o único sacrifício perfeito é o de Jesus na Cruz do Calvário.

MUDANÇA DE VIDA

Buscar o conhecimento da palavra, reconhecendo que foi pago um alto preço de sangue  por nossa vida.

    ESTUDO BÍBLICO – HEBREUS 9.1-12

“1 Ora, também a primeira tinha ordenanças de culto divino, e um santuário terrestre. 2 Porque um tabernáculo estava preparado, o primeiro, em que havia o candeeiro, e a mesa, e os pães da proposição; ao que se chama o santuário. 3 Mas depois do segundo véu estava o tabernáculo que se chama o santo dos santos, 4 Que tinha o incensário de ouro, e a arca da aliança, coberta de ouro toda em redor; em que estava um vaso de ouro, que continha o maná, e a vara de Arão, que tinha florescido, e as tábuas da aliança; 5 E sobre a arca os querubins da glória, que faziam sombra no propiciatório; das quais coisas não falaremos agora particularmente. 6 Ora, estando estas coisas assim preparadas, a todo o tempo entravam os sacerdotes no primeiro tabernáculo, cumprindo os serviços; 7 Mas, no segundo, só o sumo sacerdote, uma vez no ano, não sem sangue, que oferecia por si mesmo e pelas culpas do povo; 8 Dando nisto a entender o Espírito Santo que ainda o caminho do santuário não estava descoberto enquanto se conservava em pé o primeiro tabernáculo, 9 Que é uma alegoria para o tempo presente, em que se oferecem dons e sacrifícios que, quanto à consciência, não podem aperfeiçoar aquele que faz o serviço; 10 Consistindo somente em comidas, e bebidas, e várias abluções e justificações da carne, impostas até ao tempo da correção.11 Mas, vindo Cristo, o sumo sacerdote dos bens futuros, por um maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, isto é, não desta criação,12 Nem por sangue de bodes e bezerros, mas por seu próprio sangue, entrou uma vez no santuário, havendo efetuado uma eterna redenção”.

                         INTRODUÇÃO

 No antigo testamento Deus instituiu ao seu povo a construção do Tabernáculo, o templo do deserto onde Javé se encontrava com seu povo. Era, portanto o local das celebrações dos moradores das tendas e da aparição de Javé; por seu caráter sacro, era constituído de longe da área residencial. Foi no Tabernáculo que Javé, falou “cara a cara” com Moisés.  Veja Êxodo 33. 11 “E falava o Senhor a Moisés face a face, como qualquer fala com o seu amigo; depois tornava-se ao arraial; mas o seu servidor, o jovem Josué, filho de Num, nunca se apartava do meio da tenda”. 
 O tabernáculo consistia em um santuário coberto por uma tenda, ele foi construído de tecido de linho torcido, bordado com figuras de querubins; enquanto a tenda foi feita de pêlo tecido de cabra. O altar era confeccionado com tábuas de acácia revestidas de bronze, ficando oco por dentro. 
O Livro de Deuteronômio pondera que o Tabernáculo é o lugar que Deus escolheu “para ai fazer habitar o seu nome” Veja Deuteronômio 12. 11 “Então haverá um lugar que escolherá o Senhor vosso Deus para ali fazer habitar o seu nome; ali trareis tudo o que vos ordeno; os vossos holocaustos, e os vossos sacrifícios, e os vossos dízimos, e a oferta alçada da vossa mão, e toda a escolha dos vossos votos que fizerdes ao Senhor”.

 

ESTUDO BÍBLICO Na Antiga Aliança

    A bíblia relata que na antiga aliança era devido realizar um sacrifício com um animal perfeito para que houvesse remissão dos pecados. Verdadeiramente para a antiga aliança tal sacrifício era recebido e respondido por Deus em favor do seu povo. Veja Hebreus 9. 7 “Mas, no segundo, só o sumo sacerdote, uma vez no ano, não sem sangue, que oferecia por si mesmo e pelas culpas do povo”.


 

                         Na Nova Aliança

    Já quando Jesus Cristo veio a terra, ele se ofereceu como sacrifício vivo e perfeito para a remissão do pecado da humanidade. Veja João 3. 17 “Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele”. Se na antiga aliança o perdão para ser recebido sempre era necessário o sacrifício de animais, já na nova aliança o sacrifício de Jesus foi único e perfeito, ou seja, não é necessário mais ninguém interceder por nós como na antiga aliança quando este papel era realizado pelo sumo sacerdote. Jesus a partir de então se tornou o sumo sacerdote. 

 

A Importância De Reconhecer O Sacrifício De Jesus Cristo

    Nos dias atuais, muitos estão perdendo o foco e deixando-se levar por ventos de doutrinas que a bíblia mesmo nos alerta. Veja Efésios 4. 13-14 “Até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do Filho de Deus, a homem perfeito, à medida da estatura completa de Cristo, Para que não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente”.
 O que estamos vendo hoje são pessoas que estão atrás dos utensílios que o mercado da fé está oferecendo, e muitos dos casos as pessoas acreditam mais nestes utensílios do que no sacrifício perfeito de Jesus Cristo na cruz do Calvário.
 O que dizer do “sal grosso ungido” contra o mal olhado?  Os olhos do Senhor estão sobre nós, não preciso de “sal grosso ungido”. Veja Salmos 34. 15 “Os olhos do Senhor estão sobre os justos, e os seus ouvidos atentos ao seu clamor”.
 O que dizer da “rosa ungida” para que todo espírito mal vá embora? Quando descanso no Altíssimo, não temo as artimanhas do adversário. Veja Salmos 91.1 “Aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará” e ainda os versículos 5 ao 7. “Não terás medo do terror de noite nem da seta que voa de dia, nem da peste que anda na escuridão, nem da mortandade que assola ao meio-dia. Mil cairão ao teu lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti”. 
O que dizer da “vassoura ungida” que tira toda sujeira do seu caminho? Quando creio no Sacrifício de Cristo, ele cuida do meu caminho. Veja Salmos 91. 11 e 12 “Porque aos seus anjos dará ordem a teu respeito, para te guardarem em todos os teus caminhos. Eles te sustentarão nas suas mãos, para que não tropeces com o teu pé em pedra”.
O que dizer do “lencinho ungido” da cura? Eu creio no Sacrifício que me trouxe cura. Veja Isaias 53.4 e 5 “Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados”.



MUDANÇA DE VIDA




 Quando busco conhecimento da palavra de Deus, sei que foi pago um alto preço por minha vida. Este preço foi de sangue, o precioso sangue de Jesus. Veja 1 Coríntios 6.20 “Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus”.
 E este sangue é tão poderoso, pois é através dele que somos purificados de todo o pecado. Veja 1 João 1. 7 “Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado”. 



QUEBRA GELO
1  - Qual a importância da igreja em sua vida?
2  – Qual alimento é mais difícil para você se abster?


IDENTIFICANDO O TEMA
1 – O que significa sacrifício para você?
2– Você já fez um grande sacrifício por alguém?
3 – Exceto Jesus Cristo, alguém já fez um grande sacrifício por você?


1 – Como era o sacrifício na Antiga Aliança?

2 – Como é o sacrifício na Nova Aliança? 


3 – Quem é o Sumo Sacerdote na Nova Aliança?

4 – Qual o problema dos utensílios ungidos?




Jesus o sacrifício perfeito Jesus o sacrifício perfeito Reviewed by Pastor Ivo Costa on agosto 10, 2018 Rating: 5
Tecnologia do Blogger.